Mudando de PC para Mac – Passo 1

De PC para MacSempre fui usuário do Windows, desde a sua primeira versão, mas confesso que desde o lançamento do Windows 8 e posteriormente do Windows 8.1, ficou claro para mim, que a Microsoft não sabe muito bem aonde quer chegar com o seu sistema operacional. Foi a versão mais decepcionante do Windows que eu já vi e consequentemente a gota d´água para eu tomar a decisão por mudar todos os computadores de casa e posteriormente do trabalho para o Mac.

Resolvi escrever aqui o caminho que irei percorrer para realizar essa mudança, sendo ele de sucesso ou não, pois tem muita gente que tem vontade de fazer a mesma coisa, mas reluta, pois não sabe claramente quais as dificuldades de compatibilidade e aprendizado que terá.

Para começar, há pelo menos 1 ano, mudei todos os roteadores de casa para equipamentos da Apple. Hoje tenho um AirPort Extreme que utilizo como equipamento principal, onde é possível ligar um HD externo via USB, para acesso remoto (e pretendo liga-lo em breve), e um AirPort Express que uso para ampliar o alcance da rede WiFi. Não é necessário fazer essa mudança, pois os dispositivos da Apple podem se conectar a qualquer roteador, porém, o intuito aqui é conhecer quais as vantagens de usar equipamentos da mesma empresa e aproveitar toda a experiência de compatibilidade que a Apple oferece.

Em seguida, comecei a me livrar de quase todos os softwares que só rodam no PC. Digo quase, pois se houver algum software que para você seja insubstituível a médio ou longo prazo, como é o meu caso, uma opção é utilizar o Boot Camp, que possibilita a instalação de praticamente qualquer uma das últimas versões do Windows no seu Mac, inclusive a terrível versão 8. Com o Boot Camp, você poderá inicializar seu Mac usando Mac OS ou o Windows. Se não quiser inicializar o seu Mac sempre que for utilizar um software específico do Windows, é possível instalar o VMware ou o Parallels, que são softwares de virtualização e possibilitam rodar o Windows dentro de uma janela do Mac, como se fosse um aplicativo.

Próximo passo: Escolher qual será o 1º Mac a ser comprado. Não será uma tarefa fácil… mas esse é um assunto para o próximo post.

Até lá.